Notícias
03-05-2017
Área Metropolitana do Porto mais inclusiva com o Serviin

Desde o passado mês de Abril que a AMP e os 17 Municípios que a constituem, disponibilizam serviços inclusivos para a comunidade surda através da videochamada do Serviin.

Este projecto, denominado “Acessibilidade em Língua Gestual Portuguesa na AMP”, resulta da vontade e necessidade em promover estratégias que permitam incluir todos os cidadãos no acesso à informação e, especificamente, aos serviços públicos municipais desta região.

De acordo com os Censos de 2011, existem na AMP cerca de 80 mil pessoas com deficiência auditiva, sendo que destas, cerca de 20 mil são surdas profundas que vão passar a ter um acesso mais directo aos Serviços dos diferentes municípios, por intermédio da videochamada com interpretação em LGP.

A comunidade surda, terá também acesso a informação específica de cada município no Portal do Cidadão Surdo, estando a ser criada uma página dedicada para cada entidade, com disponibilização de informação dos serviços, alguns pontos turísticos e vídeos traduzidos em LGP. 

A AMP segue assim os passos de outras entidades prestadoras de serviços públicos como o Hospital de Santa Maria em Lisboa, Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga em Santa Maria da Feira, e mais recentemente, a Autoridade Tributária. 

Filipe Pereira, Administrador da ZonAdvanced, empresa responsável pelo serviço, revela que esta nova parceria emerge de uma “preocupação cada vez mais presente nos prestadores de serviços públicos, que passa por permitir que todos os cidadãos possam usufruir plenamente dos seus direitos de igualdade de acessibilidade, e com o mesmo nível de serviço que qualquer pessoa ouvinte beneficia. Devemos todos estar orgulhosos do caminho que tem sido seguido por algumas entidades sobre esta temática.”